sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Entre o símbolo e a fé propriamente dita

Ah..confessem vai..seria bem melhor se o Deus a quem acreditamos existir tivesse uma imagem para identificação. Como será a feição de Deus??? Você já imaginou como Deus reage às atitudes humanas, sendo elas negativas ou positivas?? Será que Deus sorri?? Será que Deus franze a testa quando erramos os princípios mesmo após tantos conselhos??

Parece até cômico, mas o que acontece é que nós homens temos por necessidade materializar tudo. Temos dificuldade em crer tão somente. Somos ‘Tomés’ que precisam ver para crer. E essa onda atinge a esfera ‘evangélica’ de tal forma que é impressionante.

O que vemos constantemente nas igrejas por aí afora e principalmente na televisão é a utilização de símbolos como rosas, sal grosso, lenços suados, e coisas do gênero, como forma de ‘ratificar’ o que foi dito pelo pastor, missionário, apóstolo etc. Será que é preciso mesmo tê-los em nossa casa para ‘energizar’ o ambiente e trazer ‘bons fluidos’ (vindos de Deus Jeová??)??

Alguns se valem de textos bíblicos para justificar tais atos. O que parece é que ignoram a contextualização e a própria história da Bíblia. Creio que a busca nem é pelo milagre ou a fé em questão. O que me parece é uma busca meramente por membros, membros especiais é claro, que levem rechonchudos dízimos, que sejam famosos para dar ibope à igreja tal, membros que geram a maior quantidade para em tempos oportunos usá-los estatisticamente e ainda por mera banalização da verdade do evangelho.

Basta ler e analisar a vida de Jesus Cristo, a quem diga-se de passagem, atribui-se o nosso alvo que é parecer a cada dia com Ele. Jesus curava, libertava, ensinava e não temos registro de que Cristo disse ‘leve a rosa meu filho como símbolo do que eu disse’. Não temos registro de que os apóstolos da igreja primitiva ofereceram sal grosso para isso ou para aquilo.

O significado de fé sim está registrado na Bíblia e talvez tenhamos que reler constantemente para ver se entendemos o verdadeiro conceito. ‘Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não vêem’. (Hb 11.1 Almeida Revista e Atualizada)

A fé é transcendente e não é preciso símbolos ou mecanismos para dar validade. Ou você crê ou não crê e isto basta. Já disse o pastor Ricardo Gondim que ‘fé não visa mudar o mundo, mas a atitude das pessoas para que dêem bom testemunho’. Se a sua fé transforma a sua vida e a cada dia você se torna mais parecido com Cristo, não é necessário símbolo algum. Nem rosas, nem sal, nem lenços...

O verdadeiro símbolo é intangível pois está fixado em nosso coração. O símbolo é o sacrifício de Jesus Cristo que rompeu todas as coisas. Nosso acesso a Deus, as coisas espirituais é tão somente pela fé. O véu se rasgou, não é necessário mais intermediação, sacrifício de animais e nem utilização de símbolos. Se a fé não bastar então não é a fé em Cristo, propriamente dita.

4 comentários:

Tekinha disse...

oooo..to aki..pela primeira vez..heheh....

Esse texto é maravilhoso...Oq poderia complementar ??

Somente dizer que,se seguirmos o versículo chave " A Fé é a prova das coisas que não se veem.." já diz tudo..não precisamos de coisas abstratas para crer em Deus...

bom é isso.... Vamos simplismente crer...e as demais coisas serão acrescentadas em nossas vidas...amém?? E qto as coisas que nos são dadas para que o ambiente seja abençoado...não precisamos !!!

NÓS JÁ SOMOS ABENÇOADOS !!!!! \\

Somos FILHOS de Deus!!

bjus e fiquem na paz....

Iris disse...

É isso ae Tekinha..esse é um dos maiores desafios dos cristãos..crer tão somente.. precisamos por em prática o que nós mesmos pregamos..
BjOo

≠Þ α u Ł σ≠ disse...

Eis um fato que sempre fico questionando toda vez que ouço ou assisto mídia afora, oferecendo esses "truques santos" pra ajudar seus fiéis a crêrem na solução de uma causa espiritual.. Tais artifícios que não passam de amuletos, sim amuletos como os já bem conhecidos pelos 'gentios', tais como arruda, pé de coelho, figa etc.

Agora o que dizer, qual argumento vai me convencer de que preciso mesmo de fato de um galho de rosa ou um punhado de sal grosso pra 'fortalecer' minha fé?

O que dirá então o que não são capazes.. imagina se uma empresa financiasse a confecção da 'Armadura de Des'..cômico?..lamentavelmente ilário sim.. Mas por que questinar o que as Escrituras já mencionam há séculos acerca daqueles que escandalizariam a Palavra.

Como vc mesma disse Íris..devemos 'imitar' a Cristo. Infelizmente estamos vendo a comunidade cristã sucumbindo á necessidade genuinamente humana de ter algo visível, tangível para solidar a própria fé. Por certo, este aínda não conheceu a fé na seu real significado (Hebreus 11:1).

Iris disse...

Pois é Paulão..as veZes fico refletindo q o evangelho ñ é complicado de se viver..nós é q permitimos tantas parafernálias deturparem nosso viver com Cristo.. as coisas de Deus são mais simples do q pensamos e qdo a situação se torna difícil é hora de sair de cena e deixar Deus agir..mas isso ainda ñ está fincado na raiz e vai levar tempo pra ser totalmente digerido.. espero viver para ver o evangelho ser plenamente sentido..